A Porto Business School e a Associação Portuguesa de Facility Management (APFM) estão a lançar um novo programa de formação para executivos ou interessados no tema do Facility Management (FM), que visa a sua compreensão do como disciplina de gestão dos espaços e ambientes de trabalho, integradora de pessoas e processos para maximizar a qualidade de vida dos ocupantes/utilizadores e a rentabilidade das organizações, alinhada com as melhores práticas, referências e normas.

Paula Marques, diretora executiva da Porto Business School, explica que o programa foi criado com base numa “necessidade muito específica que tem a ver com a forma como o FM estava a ser ensinado, treinado, trabalho junto dos gestores. Houve uma mudança de paradigma e o FM deixou de ser encarado como a manutenção, o aluguer do espaço, mas passaram a pensar no espaço como uma overall experience. Ou seja, os espaços impactam a nossa vida. Portanto, há necessidade de formar as pessoas para que passem a pensar nos edifícios de uma forma quase que holística e tirar o melhor partido das estruturas, dos dados, da tecnologia a favor das experiências”, remata.

O programa dirige-se a gestores de instalações, prestadores de serviços ligados à gestão operacional dos ativos, administradores, gestores de recursos humanos ou de IT, juristas e arquitetos. Está pensado não apenas para os que estão no mercado do FM, mas também para aqueles que pretendem entrar. Para a Porto Business School, todos os que, de alguma forma, impactam na experiência de o utilizador do espaço – seja um espaço público ou privado, quem trabalha num escritório, é utente de um hospital, faz compras num centro comercial ou frequenta qualquer edifício – é um potencial interessado no programa lançado pela escola e a APFM.

Os conteúdos do programa estão desenhados numa perspetiva global, abrangendo áreas técnicas, mas também de gestão, liderança e negociação, e pontuam os requisitos para a obtenção da certificação para o nível de CPFM – Certificado de Profissional em Facility Management.

Para Bento Aires, diretor do Programa Facility Management da Porto Business School, só é possível “responder ao nível de exigência aumentando as competências”. Importa por isso, para o responsável, ter “Facility Managers bem preparados”, um desafio a que este programa se propõe responder.

O programa tem a duração de cinco semanas (60 horas) e decorrerá a 23 e 24 de fevereiro, 2, 3, 9, 10, 16, 17, 23 e 24 de março.

Comments are closed.