O Serviço de Medicina Interna do Centro Hospitalar de Setúbal vai assumir a implementação de uma Unidade de Hospitalização Domiciliária, prevista para o segundo semestre de 2019, com uma equipa de gestão hospitalar multidisciplinar, uma equipa de hospitalização domiciliária e cinco camas de hospitalização domiciliária.

“Esta unidade pretende apresentar uma alternativa ao modelo de internamento convencional, que proporciona assistência médica e de enfermagem aos utentes que, apesar de necessitarem cuidados hospitalares, reúnem um conjunto de critérios clínicos, sociais/familiares e geográficos que permitem que sejam hospitalizados no domicílio”, refere o CHS, citado pelo Portal da Saúde.

O modelo assenta na medicina hospitalar de ambulatório centrada nas necessidades do doente agudo, mas simultaneamente mais humanizada, respeitando a individualidade de cada doente e devidamente integrada com os outros níveis de cuidados, frisa a unidade hospitalar.

Além de proporcionar maior comodidade ao doente, que recebe os cuidados no seu domicílio, este tipo de unidade contribui para diminuir a incidência de infeções hospitalares e permite libertar recursos.

Comments are closed.